Marketing de Afiliados: 12 erros que você deve evitar

O Marketing de Afiliados é um negócio online muito lucrativo. É uma excelente maneira de ganhar dinheiro online sem a necessidade de criar produtos e tudo mais que isso envolve.

Tudo que precisa fazer como afiliado é cadastrar em uma plataforma, identificar um bom produto, afiliar-se em seguida, começar a promover, gerar vendas e receber comissões. Tá certo falando parece muito fácil, mas te digo uma coisa, o processo é muito simples e requer dedicação.

Marketing de Afiliados parece fácil?

Do meu ponto de vista e o de muitos podemos dizer que o Marketing de Afiliados é fácil…, mas só até certo ponto, existe um fator essencial que é simples e fundamental para o sucesso o tráfego!

Tráfego é toda a visitação gerada para seu blog ou canal, cada um que acessar seu site estará gerando tráfego para você, no caso o tráfego pode ser genérico qualquer um que acesse ou tráfego qualificado que são as pessoas realmente interessadas no que você faz.

Pense bem, para que serve um blog sem tráfego qualificado? Se você não consegue gerar visitação de qualidade para ele, aonde ele vai chegar?

Não adianta enviar ofertas de produtos de Patchwork para pessoas que se inscrevem em um blog sobre Yoga ou Alimentação Saudável e vice-versa.

O mesmo serve quando se compra tráfego (por exemplo: cliques ou publicidades no Facebook ou Adwords), você precisa simplesmente conhecer muito bem seu público alvo e o que os motiva.

Hoje podemos dizer que o maior tráfego de um Blog vem do Google através de buscas orgânicas (pesquisas feitas por clientes) isso se deve principalmente a estratégias de SEO, Campanhas entre outras coisas, mas existem outras fontes.

Marketing de Afiliados evolui!

Considero o Blog uma das melhores ferramentas e funciona muito bem, mas esta sendo necessário evoluir, melhorar em muitos aspectos e a forma como é feito precisa se profissionalizar acima de tudo principalmente na geração de conteúdo e escrita.

Confira 12 erros pelos quais muitos blogueiros falharam e ainda falham no Marketing de Afiliados

A verdade hoje é que muitos blogueiros falham de forma grotesca no Marketing de Afiliados, justamente por procurar o caminho mais fácil em busca de formula mágica que possam ajudá-los.

1 – Achar que já sabem tudo de Marketing de Afiliados

De longe acho que é o pior erro. A coisa mais comum é muitos blogueiros iniciantes começarem com a ideia de ganhar dinheiro online com marketing de afiliados, mas sem o devido preparo, eles assistem a um vídeo ou outro, pegam aquele curso gratuito ou até um curso pago e já acham que sabem tudo.

Ahhhhhh, sim é uma loucura, uma vez que você acha que já sabe dificilmente você estará aberto para aprender mais sobre aquilo, seja para se aperfeiçoar o que já sabe ou para aprender coisas novas, nesse momento muitos matam a chance de aprender coisas novas.

Eu sei que a Internet está cheia de ofertas gratuitas sobre Marketing de Afiliados, Marketing Digital e tudo mais, tem muito conteúdo bom, de qualidade e que serve de base, mas não pode parar por ai, dificilmente alguém ensina o “pulo do gato” de graça ou até ensina, porém falta a orientação e acompanhamento de quem fez para dar certo ou mesmo pode aprender a coisa certa de forma errada ai a pessoa vai falar “aquilo não funciona”, mas ela aplicou errado.

Entender como utilizar o conhecimento disponível é fundamental para não aplicar errado, saber que é válido e utilizar da melhor forma possível pode fazer muita diferença.

Para sobreviver no mundo do Marketing Digital é necessário estar aberto a coisas novas, se adaptar rápido a mudanças, aprender constantemente. Para isso você tem que procurar um treinamento bem completo, de qualidade, com referências e o mais importante, pratique, coloque em pratica o que aprende e teste. Costumo dizer que nem todo curso é ruim, mas aquele que a pessoa faz e não pratica o que aprendeu parece ser pior, porém, às vezes, é a pessoa que não fez, muitas vezes no curso o instrutor fala faça 1 post X, as vezes será necessário você fazer 10 vezes até começar a aprender e atingir a excelência. Pense nisso.

O blogueiro ou profissional de marketing digital esta em constante evolução, sempre aprendendo, é como uma obra inacabada, sempre se pode melhorar.

Errado - Promover apenas por dinheiro

2 – Ganância: promover produtos apenas para ganhar dinheiro

Particularmente esse é um dos grandes problemas do Marketing de Afiliados, conheço muita gente que promove apenas produtos que possa ganhar comissões. Por exemplo, tem gente que na hora de indicar algo se não consegue tirar alguma vantagem não promove, “Ah, mas ela não paga comissão então deixarei de indicar”.

Outra situação é você encontrar um produto que deseja oferecer suporte, promover, será que seu público quer conhecer isso realmente ou você quer só empurrar? Nesse momento pergunte a si mesmo antes de começar a promover, eu compraria esse produto ou serviço?

Uma coisa que pode ser feita é uma pesquisa em blog ou redes sociais, ou mesmo utilizar ferramentas do Google para pesquisar sobre o mercado com base no público desejado. Nesse caso você pode levantar alguns pontos como:

– Identifique os artigos com maior número de ações sociais.

– Veja quais artigos tem mais comentários.

– Quais artigos recebem mais links.

– Quais artigos recebem mais visitas para isso pode utilizar o Google Analytics.

– Faça uma pesquisa entre os usuários do site, crie um formulário com perguntas básicas sobre o que eles desejam e disponibilize o link no blog e nas redes sociais para coletar informações.

Ao promover produtos relevantes para seu público você terá maior chance de gerar vendas e comissões.

3 – Não investir em ferramentas necessárias e profissionais

Tudo bem que no começo você deve reduzir custos e utilizar aquilo que é gratuito para facilitar sua vida, mas lembre-se não pode ser sempre assim, para crescer é necessário investir.

Não tem como querer criar um negócio online lucrativo sem investir nas ferramentas certas. Para aqueles que querem ter sucesso com o Marketing de Afiliados, existe uma lista básica de ferramentas e recursos que em certo momento se tornam necessários e que influenciam diretamente em seu desempenho como afiliado e em suas vendas. Alguns desses recursos incluem:

– Uma boa hospedagem para seu blog, de preferência nacional para ser mais rápido;

– Um tema profissional para seu blog;

– Plugins premium e profissionais que possuem recursos extras para auxiliar no gerenciamento;

– Ferramenta de envio de e-mails profissional para trabalhar com listas

Tudo isso à medida que você cresce se torna importante…

O mercado esta em constante evolução e sofre mudanças regularmente. Sempre temos que lidar com novas tecnologias, SEO, mídias sociais, atualização de equipamentos como microfone, câmeras e até o computador, precisamos aceitar que é necessário se manter atualizado em todos os aspectos e o que funciona agora pode não funcionar daqui alguns meses.

Erro ao não se qualificar

4 – Pouco conhecimento sobre o produto ou serviço que promove

Esse é um ponto que acho perigoso, você fica bem no limite da relação promovendo um produto apenas por dinheiro! Como vender um produto que nunca conheceu realmente. Você faria uma cirurgia estética com um médico que nunca viu o trabalho dele?

Uma das melhores formas de vender com o marketing de afiliados é trabalhar com produtos que você já conheça bem, seja por você ter feito o curso, comprado o produto ou mesmo que tenha conhecido através de pesquisas e contatos com o produtor, levantar o máximo de informações facilitará para você na hora de falar do produto e se posicionar em relação a ele, isso ajudará muito você a ganhar mais dinheiro como afiliado.

Promover um produto que você já utiliza é melhor ainda, pois você é capaz de dar seu ponto de vista de usuário satisfeito. Você poderá mostrar como ele o ajudou, os leitores gostam de depoimentos e histórias de sucesso e nada melhor do que a sua como consumidor apaixonado, sem dúvidas é uma das melhores estratégias de persuasão, mas para ter o resultado positivo é necessário ser autêntico, historias montadas apenas para vender são desmascaradas mais cedo ou mais tarde e isso queima seu filme.

Dica importante:

Muitos produtores costumam criar carta de vendas modelo, geralmente contratam um profissional com boa escrita para utilizar suas habilidades, nesse caso a maioria dos afiliados costuma utilizar isso como um template, todos copiam, colam e enviam. Faça diferente, monte sua própria carta, converse com seu leitor, crie um vídeo se possível, mostre a verdadeira razão pela qual deveria conhecer melhor esse produto. Faça diferente, seja a diferença!

5 – Fazer só o que ensinam ou o que os outros fazem

Não seja mais um na multidão, se você realmente quer fazer mais vendas, você tem que diferenciar dos outros afiliados, isso é fato.

Uma coisa muito comum são os afiliados afiliarem aos produtos, pegarem os mesmos banners e e-mails, copiar e colar – pare já com isso! Comece agora a inovar, suba um nível acima do seu concorrente, personalize.

É o momento de criar sua estratégia, encontrou um benefício ou diferencial que outros não viram ainda? Esse ponto é o onde você faz a diferença e vira o jogo a seu favor, se você viu os outros leitores também verão.

Mostre seu ponto de vista sobre o produto, conte sua história de forma única, conecte-se com o leitor…

Outro dia li em um blog sobre uma mãe que perdeu o emprego e começou a trabalhar online simplesmente para ajudar em casa embora seu marido trabalhasse ela achou que deveria ajudar também e o melhor foi o que ela disse – que conseguia ficar com o filho mais tempo, enquanto ele dormia ela fazia o dia render mais. Sem dúvidas que outras mães se conectaram mais com essa história justamente por “estar com o filho”. E isso gerou muitos likes e comentários.

Pode se fazer muitas coisas legais:

– Crie um bônus especial que agregue muito valor para os seus leitores;

– Ofereça descontos especiais quando possível;

– Dê suporte extra dos produtos que conhecer e ainda pode ajudar em outras vendas;

Afiliados de sucesso antes de tudo são inovadores, eles estão sempre na frente dos demais, e procuram agregar valor aos produtos promovidos, ofertar junto com o produto aquela estratégia especial para ajudar o leitor a melhorar os resultados desejados, aquele que você já conseguiu pode ser uma excelente estratégia, e por se tratar de sua experiência dificilmente pode ser copiada.

6 – Falta de estratégias eficientes e que funcionem

Como já falado no item acima (5) o conteúdo abaixo esta relacionado diretamente a ele. Esse é o ponto onde a criatividade faz toda a diferença, é o que separa quem tá brincando de afiliado e quem é afiliado profissional, você sempre deve pensar em estratégias e promoções diferentes, coisas que não sejam comuns, que as outras pessoas não façam e que vão ajudar elas. Como falei acima é comum o produtor fornecer material para o afiliado como banners, e-books, e-mails entre outros, porém não utilize na íntegra, modifique, dê seu toque e faça diferente, ele pode ser como base, só nunca o material definitivo.

As plataformas estão evoluindo cada vez mais e trazendo novos recursos como cupom de desconto entre outros bônus. À medida que evoluem vai chegando a um ponto onde você pode criar ofertas únicas com benefícios para o leitor que só você consegue oferecer e com isso montar sua estratégia.

Por exemplo, conseguir entrevista exclusiva com o produtor, criar um e-book, gravar aulas complementares são formas de agregar valor e criar estratégias de venda para complementar o curso e assim se destacar nas vendas, faça um planejamento onde consiga agregar mais valor ao curso e terá seu grande diferencial.

7 – Fazer conteúdo baseado apenas em reviews

O comprador quando vê o produto quer saber o que tem nele de especial.

E o que os afiliados fazem é mostrar o que tem no curso, focando apenas nos recursos e esquecem muitas vezes de ressaltar os benefícios do produto ou serviço.

As pessoas não querem comprar um produto apenas, elas buscam a solução para seus problemas, a satisfação, por exemplo: ele não compra apenas uma passagem e hospedagem na praia, ele quer comprar o prazer de passar alguns dias relaxando a beira mar com sol e uma boa bebida.

O leitor esta em busca de satisfazer algo. Então o que você tem que fazer?

Não concentre nos recursos do produto ou serviço – Foco nos benefícios!!!

Lembre-se…

As características apenas informam, os benefícios VENDEM!

Um ponto muito importante:

A razão de promover um produto através de afiliado é ter a capacidade de resolver um problema ou mostrar o benefício. Se esta capacidade de resolver algo ou benefícios do produto não estiver em evidência, bem sublinhado para o leitor ver, você estará ficando para trás, pois outro pode estar fazendo isso!

SEO - Otimização

8 – Não fazem otimização do Blog, esquecem o SEO

Para a maior parte dos blogueiros, principalmente os iniciantes sem orçamentos enormes, SEO é a melhor forma de conseguir tráfego qualificado. Sim, mídias sociais também funcionam muito bem, mas minha experiência mostra que SEO traz o tráfego mais qualificado e trabalha bem com mídias sociais.

Como não deixar de lado o SEO do seu Blog?

– Pesquise a palavra-chave antes de fazer um review ou artigo sobre o produto;

– Foco nas palavras-chave que valorizam as soluções de problemas e os benefícios do produto em seus conteúdos e reviews, satisfazer o cliente é sempre a melhor forma.

– Faça o SEO On-Page em todo o seu blog;

– Promova o conteúdo em todas as redes sociais, procure gerar likes, tweets e ações sociais como compartilhamento e comentários;

– Crie backlinks para os artigos relacionados ao produto;

– Confira as melhores ferramentas e técnicas de SEO;

Quanto mais tráfego conseguir dos motores de busca maiores são as chances de gerar mais vendas, o volume de vendas esta diretamente relacionado ao tráfego qualificado que você gerar.

Mas atenção, os mecanismos de busca mudam o tempo todo, e com isso o SEO evolui, não tente enganar os motores de busca com técnicas para encurtar caminhos como BlackHat, pense em estratégias de conteúdo a longo prazo, o conteúdo de qualidade que você gera hoje para o leitor é a melhor estratégia para se conseguir crescer.

Detalhe importante sobre SEO, certifique-se de conferir o Schema.org para um conjunto de esquemas extensíveis que permite aos webmasters incorporar dados estruturados em suas páginas da web para uso pelos motores de busca. Este ponto no SEO ajuda muito!

9 – Não promover produtos com pagamentos e comissões recorrentes

É muito comum os afiliados procurarem produtos com boas comissões, porém muitas vezes esses são pagamentos únicos. Mas existe um grande volume de produtos que oferecem pagamentos recorrentes (são softwares, serviços ou assinaturas). Você pode mesclar os ganhos com ambos, mas não deixe de lado os ganhos recorrentes. Esses pagamentos são geralmente gerados por serviços como plataformas, envio de e-mail, hospedagens, assinaturas, e podem ser mensais, trimestral ou até anual, pois são muito regulares.

Se você quer ganhar comissões recorrentes:

Identifique sites que oferecem esse tipo de serviço relacionados ao seu nicho por exemplo serviços de e-mail como MailChimp e Aweber para quem precisa de listas, Kinghost e Hostagator para quem precisa de hospedagem, um site da área de alimentação saudável pode vender assinaturas de receitas e cardápios regulares. São muitas as possibilidades, monte sua estratégia.

10 – Não ter uma lista qualificada

Esse é um erro muito comum entre os blogueiros, eu mesmo cometi esse erro. É começar um blog e não construir uma lista desde o primeiro dia de atividade.

Vejo muita gente dizer “o dinheiro esta na lista” e isso em parte esta certo afinal quem assina é por que tem algum interesse em seu conteúdo. Porém uma lista mal construída e gerenciada não serve para nada.

Agora o que muita gente não fala é que a lista não é homogênea, nem todas que estão nela são iguais.

Alguns assinantes podem gostar mais do seu conteúdo que outros, ou mesmo estarem mais propensos a comprar do que outros, é muito comum, não dá pra agradar a todo mundo.

Prefiro pensar mais na qualidade do que na quantidade em si, uma lista pequena pode ser mais eficiente do que uma com milhares de assinantes. Veja direto na internet e em fóruns pessoas vendendo listas, oferecendo aluguel ou mesmo utilizando programas para capturar e-mail nos sites de busca, mas tudo isso deve ser evitado. A cada dia que passa os servidores passam a identificar melhor o SPAM, sem falar que se alguém que recebe seu e-mail sem autorização e não tem interesse é apenas geração de custo para você com retorno praticamente zero, hoje em dia e-mail já não converte tão bem ainda mais com uma lista suja que pode acabar queimando você.

Uma lista qualificada de 500 a 1000 assinantes é melhor que uma de 20 mil inscritos onde qualquer um entrou. Se você quer mais assinantes e tráfego qualificado é muito simples, gere conteúdo, seja em texto, vídeo ou áudio, mas não solicite a inscrição antes de fornecer o conteúdo, entregue ele de graça sem pedir nada e só depois solicite caso ele tenha gostado ele se inscreverá, muita pouca gente deverá se inscrever, somente quem estiver realmente interessado fará e facilitará sua vida. A partir dai quando você tem um produto que resolve os problemas e satisfaz os seus assinantes, eles estarão mais propensos a comprarem de você.

11 – Faça, não fique parado!

Uma coisa que vejo muito são as pessoas começarem um blog e na primeira dificuldade parar, muitas esperam resultados rápidos, procuram formulas mágicas, acham que ao fazer o curso e montar o blog o dinheiro virá do dia para a noite. Infelizmente isso não acontece e acabam culpando o curso, é necessário trabalhar duro, gerar conteúdo, divulgar, testar, promover ao máximo seu material para que se torne conhecido e ganhe autoridade, embora os cursos mostre que é possível criar um artigo e promover, na pratica você deverá ser 10 ou 20 vezes mais eficiente. Tudo isso devido à concorrência no mercado, imagine criar um artigo sobre um produto de emagrecimento, no mercado com toda certeza já terá outros, porém você poderá complementar gerando outros artigos com assuntos relacionados para ajudar a promover o principal, é assim que funciona, costumo dizer não vai com 1 só, vai com 20. Nesse mercado é necessário qualificar-se e colocar a mão na massa, você vai precisar de paciência, resiliência e persistência. O marketing de afiliados é uma excelente forma de monetizar, mas precisa trabalhar duro e quando menos se imagina o resultado aparece e ele é muito bom. Só tenho uma coisa a dizer aqui é FAÇA! Só assim para crescer.

12 – Não focar em conteúdo e tráfego qualificado

Existem dois pontos fundamentais para se atingir o sucesso em Marketing de Afiliados, você precisará:

1 – Conteúdo de Qualidade

2 – Tráfego Qualificado

Para um blogueiro e afiliado isso é mais importante do que qualquer outra coisa.

É muito comum ainda se concentrar em coisas como o design e as cores, tamanho das fontes, imagem pequena ou grande, o banner fica na lateral direita ou esquerda tudo isso é importante, porém antes existem outras prioridades e uma delas deveria ser o tráfego do motor de busca e para isso precisa de conteúdo relevante e de qualidade.

Não há muita diferença em ter o melhor tema, o blog mais lindo e o servidor mais rápido e potente se você não tem conteúdo e não atrair leitores que conhecerão seus textos, produtos e se inscreverão em sua lista.

Um último detalhe sobre ser afiliado…

Se você não esta brincando e deseja ter sucesso como um afiliado é importante entender a necessidade de sempre aprender – e este blog foi feito para isso, estamos preparando muitos materiais que deverão ajudar você a desenvolver-se como afiliado profissional.

Então te convido a se inscrever em nossa lista e acompanhar o trabalho que postarmos aqui sobre Marketing Digital, Conteúdo, SEO e muito mais assuntos relacionados.

Você pode me seguir no Twitter ou Facebook se desejar.